HOME A Obra

A Obra

Conheça quem somos e o que fazemos!

SOBRE NÓS

Sob a inspiração e carisma de Dom Bosco e como resultado da vontade associativa dos Salesianos em Campinas/SP, em 1909 surge de fato esta Entidade, que adquiriu personalidade jurídica em 22 de abril de 1937.

Inicialmente, funcionou como escola para filhos de operários. Marcou suas atividades nesta área de atuação até 1994.

Com o crescimento e agravamento da situação socioeconômica nos bolsões de pobreza da cidade, a pedido da própria Municipalidade, voltou-se integralmente à assistência social, iniciando um trabalho junto às crianças e adolescentes de rua em regime de abrigo.

Cerca de dois anos mais tarde, percebeu-se que a problemática a ser enfrentada precisava de uma ação social mais preventiva e vinculada à realidade local das famílias, justamente focada e concentrada em sua comunidade. Por isso, iniciou-se um trabalho socioeducativo em meio aberto com as crianças, adolescentes, jovens e suas famílias.

Então, a Unidade do Centro, passou a atender adolescentes dos diversos bairros de Campinas e fazer visitas às suas famílias.

Em 1998, começou também a atuar diretamente no bairro Vida Nova (Núcleo II) e no ano seguinte, no Parque Oziel (Núcleo III), ambos bairros periféricos e marcados pela falta de serviços de atendimento básicos, miséria, pobreza e altos índices de violência, marginalidade e exclusão social. No Parque Oziel a situação tornava-se mais preocupante, tendo em vista que o bairro foi constituído por ocupações irregulares e, em consequência disso, não havia infraestrutura alguma para atender à população.

Visando as suas finalidades estatutárias, em março de 2008, foram inaugurados dois centros de educação infantil: Dombosquinho localizado no Centro e Nave Mãe Darcy Ribeiro localizado no Conjunto Habitacional Vida Nova.

Em 2010, percebendo a necessidade e atendendo às solicitações da Prefeitura de Campinas, a OSSJB estendeu as suas atividades ao bairro Jardim Dom Gilberto, região em situação de vulnerabilidade social. Neste ano foram desenvolvidos dois projetos: PRONASCI e PROTEGE, com duração de um ano, na sede do núcleo Santa Rita e simultaneamente na sede do Núcleo Dom Bosco, no Vida Nova.

A partir de 2011, com o encerramento dos Projetos acima mencionados, foi celebrado o convênio com a Prefeitura para o desenvolvimento do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos de 06 a 14 anos e 11 meses e de 15 a 24 anos. Neste mesmo ano, no mês de junho, a OSSJB assumiu a unidade Jerônimo de Mendonça, pertencente à Seara Espírita Joanna de Angelis, que desenvolvia o mesmo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos de 06 a 14 anos e 11 meses. Esta unidade passou a ser denominado São Domingos Sávio. Atualmente, nesta região, os trabalhos são realizados nos núcleos Santa Rita e São Domingos Sávio.

Em dezembro de 2012, a Obra Social São João Bosco encerrou o atendimento de dois de seus serviços enquadrados como Serviços de Proteção Social Especial de Média Complexidade, quais sejam: Serviço de Proteção Social a Adolescentes em Cumprimento de Medida Socioeducativa de Liberdade Assistida (LA) e Serviço de Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos (PAEFI). O Encerramento de tais serviços se deu após um estudo aprofundado sobre o impacto social que a OSSJB desejava gerar através de sua intervenção nas problemáticas sociais da sociedade campineira. Sendo a ação educativa da Instituição voltada desde sua gênese à preventividade, a Direção Geral da Entidade entendeu que o foco principal de sua atuação centralizava-se na Proteção Social Básica, de modo que definiu como seu público alvo os destinatários dos Serviços de Proteção Social Básica, de modo especial os Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos. A OSSJB manteve-se, portanto, atuando no contra turno escolar com crianças, adolescentes e jovens de 06 a 24 anos e na Educação Infantil e Educação para Jovens e Adultos.

No ano de 2013 a Instituição manteve todos os seus Serviços em andamento, mas decidiu-se por fechar mais uma frente de ação social, por considerar que fugia à sua finalidade precípua que reside no campo educativo-social, através de intervenções pontuais e diárias na vida dos atendidos. O Programa encerrado foi o Programa Viva Leite, uma iniciativa do Governo do Estado de São Paulo cujo objetivo é oferecer um complemento alimentar seguro e de alto valor nutritivo às pessoas de baixa renda, sendo seu público alvo crianças de 06 meses a 06 anos e 11 meses e idosos com idade acima de 60 anos, pertencentes a famílias com renda mensal de até dois salários mínimos. O trabalho, que era desenvolvido de forma gratuita pela Instituição em três de suas Unidades (Núcleo Dom Bosco, Núcleo Nossa Senhora Auxiliadora e Núcleo Santa Rita), sem nenhuma contrapartida do Governo Estadual ou Municipal, tornou-se demasiadamente oneroso para a Instituição que precisava dispor de profissionais do Serviço Social em cada uma das Unidades por pelo menos dez horas de trabalho semanais para realizar a entrega do leite e o acompanhamento das famílias cadastradas. Assim, em 11 de dezembro de 2013, após algumas tentativas de viabilizar a manutenção da execução do programa pela Obra Social, foi acordado com o Diretor do Departamento de Segurança Alimentar e Nutricional o prazo para o término deste atendimento para o dia 30 de janeiro de 2014, podendo acontecer até o final de dezembro de 2013 em algumas Unidades. Ao todo, 147 famílias deixaram de ser atendidas pela Obra Social e foram realocadas em outras Instituições de Assistência Social.

Em 2014, a Obra Social São João Bosco continuou mantendo a qualidade de seus serviços e buscando sempre novas parcerias para melhor atender seus assistidos. Foram grandes conquistas do último ano as novas parcerias com os estabelecimentos comerciais de Campinas tanto na Campanha da Nota Fiscal Paulista quanto na Festa Maína; a parceria com empresas como a Ascenty, Algar, Merial Brasil, Azul, City Bar, UNIMED, CIEE e Dascher; as ações com o Instituto Robert Bosch que propiciaram a reforma de salas de aula do CEI Dombosquinho; dentre outras realizações. É preciso pontuar, ainda, a boa receptividade dos educandos preparados pela Instituição para o ingresso no mercado de trabalho. Só neste último ano, 102 educandos foram contratados por empresas de Campinas tanto na modalidade de estágio/jovem aprendiz quanto como profissionais dos mais variados segmentos. Para concluir com êxito todos os esforços da Obra Social São João Bosco para atender cada vez mais e melhor às necessidades da população infanto-juvenil do Município, em dezembro de 2014 a Instituição foi vencedora do processo de chamamento público realizado pela Secretaria Municipal de Educação para Cogestão de mais um Centro de Educação Infantil. Este Centro será construído na Vila Taubaté (antiga Gleba B), onde a Entidade já possui uma frente de atendimento. Serão beneficiadas mais 324 crianças com idades entre 04 meses e 05 anos e 11 meses.

O ano de 2015 representou para a Obra Social São João Bosco um período de grande crescimento no que tange ao envolvimento da Instituição em atividades relevantes do Município. A Obra Social esteve presente de forma ativa e participativa em diversas Conferências Municipais realizadas e outros eventos de relevância como: a Mobilização do Dia Nacional de Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes e a Eleição de Conselheiros Tutelares, deste modo, vem estreitando vínculos com a Rede Socioassistencial e marcando presença em momentos de grande importância e de ampla mobilização. Não se pode olvidar, diante de tantas realizações e conquistas, o grande momento de celebração que a Congregação Salesiana vivenciou em todo o mundo com a comemoração dos duzentos anos do nascimento de São João Bosco. As comemorações em Campinas, particularmente, foram marcadas pela inauguração de um Parque Ecológico no Bairro Vida Nova, em 23 de agosto, que recebeu o nome de Parque Dom Bosco como forma de reconhecimento de toda a ação social salesiana no Município e, de modo especial, no próprio Bairro Vida Nova. Também é preciso ressaltar que o ano também foi marcado por mudanças na maneira como são celebrados os Convênios com a Municipalidade. Um dos sintomas destas mudanças foi o cancelamento do Chamamento Público realizado pela Secretaria Municipal de Educação para Cogestão do Centro de Educação Infantil Gleba B, na Vila Taubaté, do qual a Obra Social havia sido vencedora. A Instituição, entendendo a importância de contribuir socialmente com o desenvolvimento do bairro e das relações familiares nesta região, participou novamente do processo de chamamento público e novamente foi vencedora. É importante ressaltar, ainda, que a parceria com a Secretaria Municipal de Educação que garantia o funcionamento do CEMEFEJA Paulo Freire nas dependências da Obra Social teve fim em razão de diversos entraves que inviabilizam a manutenção do convênio.

O ano de 2016 teve início com mudanças na Gestão da Instituição, que precisou realizar alterações em seu Estatuto Social e no modelo de governança Institucional, a fim de se adaptar a novas exigências do Município para continuar celebrando parcerias no âmbito da educação e da assistência social. Houve um aumento considerável no atendimento prestado pela Obra Social São João Bosco, que inaugurou mais uma frente de trabalho, com a concessão recebida para administrar o Centro de Educação Infantil Prefeito Francisco Amaral, na Vila Taubaté, com capacidade para atender 324 crianças de 04 meses a 5 anos e 11 meses. Além disso, dois novos serviços foram iniciados: o Centro de Convivência Inclusivo e Intergeracional, no bairro Vida Nova, com capacidade para atender 210 pessoas e funcionando nos períodos vespertino e noturno; e o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para crianças de 06 a 14 anos e 11 meses, na Unidade Centro, com capacidade para 60 atendidos. Mantiveram-se as parcerias com as empresas que realizam ações de voluntariado, com destaque para ações de melhoria na estrutura do Núcleo São Domingos Sávio realizados pela empresa John Deere.

Em 2017, a Instituição passou por algumas alterações no seu quadro de beneficiários, passando a atender mais 60 crianças de 06 a 14 anos no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, na Unidade Centro. Na Educação Infantil, a Secretaria Municipal de Educação sugeriu adaptações na classificação etária dos agrupamentos, a fim de permitir que as maiores demandas por vagas em algumas faixas etárias pudessem ser compreendidas dentro de agrupamentos que originariamente não as contemplariam. Estas adaptações demandaram algumas contratações adicionais e uma organização das equipes a fim de favorecer o bom andamento das atividades e o pleno cumprimento do Projeto Pedagógico de cada Unidade. No campo dos serviços socioassistenciais, a Congregação Salesiana, orientada por seus superiores de Roma e da Inspetoria Salesiana de Nossa Senhora Auxiliadora de São Paulo, tomou a decisão de encerrar o atendimento no Núcleo Santa Rita, localizado no Jardim Dom Gilberto, comunicando oportunamente a Prefeitura, o CMDCA e o CMAS sobre tal decisão, a fim de encontrar a melhor maneira de alocar os 180 atendidos daquela Unidade. Foram realizadas ações de melhoria no Núcleo São João Batista, localizado no Centro, que consistiu na adaptação da antiga cantina, a fim de prover melhores condições estruturais para o preparo das refeições dos atendidos.

No ano de 2018, assim como ocorrido no ano anterior a Obra Social juntamente com a Congregação, Superiores e Inspetoria Salesiana, decidiu encerrar o atendimento no Núcleo Domingo Sávio, localizado na região do Campo Belo. Foram organizados todos os procedimentos necessários para que a unidade permanecesse em atendimento até o dia 21 de Dezembro de 2018, bem como informado a Prefeitura, o CMDCA e o CMAS. Semelhantemente a situação passada, os atendidos serão realocados e terão continuidade de suas atividades.

Formando Bons cristãos e honestos cidadãos!

Obras


Valores


Missão

Educar crianças, adolescentes, jovens e famílias, de modo especial os que se encontram em situação de vulnerabilidade social, promovendo o exercício da cidadania pela metodologia preventiva de Dom Bosco.

Visão

Tornar a Obra Social São João Bosco uma referência na promoção da dignidade humana e social de crianças, adolescentes , jovens e famílias no Município de Campinas, através da aplicação do Sistema Preventivo de Dom Bosco.

Valores

•Respeito: aos Direitos Humanos, Ambientais, Diversidade de pessoas , ideias e crenças. •Ambiente Educativo: vivência do Sistema Preventivo de Dom Bosco com seu trinômio: Razão, Religião e Bondade. •Trabalho em rede: valorização do trabalho de todos que se empenham na comunidade educativa, para atender pessoas em situação de vulnerabilidade, em defesa da vida e da dignidade humana. •Ética: compromisso com os valores autenticamente humano-cristãos e transparência de atitudes na construção de uma sociedade mais justa e fraterna. •Solidariedade: atuação pautada na fraternidade e no compromisso com as urgências da realidade. •Competência: capacidade responsável de exercer significativamente a missão com criatividade empreendedora, dinâmica e participativa.


NOSSA EQUIPE



ONDE ESTAMOS



Informações de Contato

TELEFONE

(19) 3733-1040


ENDEREÇO

End: Rua General Câmara, nº 177, Centro Campinas


EMAIL

nucleocentro@ossjb.org.br